Curso de TransFormação do Educador

CTFE

Bolsa de Estudo 2017:
Consideramos a profissão do educador a mais importante na sociedade humana.
Sabemos que atualmente ela é desvalorizada em um contexto de convivência urbana que não está saudável.
Isto se manifesta também no salário precário que o professor recebe na rede pública.

Como podemos mudar este quadro?
Decidimos apoiar os educadores / professores da rede pública e de iniciativas orientadas pela Pedagogia Waldorf oferecendo bolsa de estudos em caso de necessidade.

COMO FAZER:
Quem trouxer uma proposta para trabalho voluntário no 1º módulo a ser executado no mês seguinte, pode, com a entrega do seu relato sobre o trabalho realizado entre 1º e 2º módulo, receber a sua bolsa estudos a partir do 2º módulo.
•Mensalidade: R$ 340,-
•Bolsa de estudos:
R$ 255,- = 75% da mensalidade em dinheiro + 3h de trabalho voluntário;
R$ 170,- = 50% da mensalidade em dinheiro + 6h de trabalho voluntário.

Com a bolsa de estudos você está convidado a encontrar o estado de equilíbrio entre aquilo que você recebe neste curso e aquilo que você oferece em troca. Leia abaixo com atenção:


Sobre a função do dinheiro:

O ser humano adulto, se deseja relacionar-se de maneira saudável com o seu próximo, deve fazer isto na base da troca. Quem recebe dá, quem dá recebe. O dinheiro é nada mais do que um facilitador de trocas. Serve para flexibilizar e neutralizar as possibilidades de troca.

Pela Ciência Espiritual Antroposófica o dinheiro é considerado o sangue da sociedade. Deve fluir entre as pessoas levando assim prosperidade para toda a comunidade humana.

Através da remuneração você valoriza o trabalho do outro. É manifestação de respeito por aquilo que o outro lhe dá e é também manifestação de sua própria vontade: quanto você realmente deseja aquilo que o outro está lhe oferecendo? Quanto você está disposto a oferecer de suas habilidades para beneficiar-se das habilidades do outro?

A remuneração adequada é uma questão de equilíbrio. Pois quando um dá mais do que o outro surge dependência cármica. O menos generoso torna-se espiritualmente dependente do mais generoso e isto dificulta a parceria que seria a situação adequada entre dois adultos saudáveis.

Crianças e idosos devem receber de presente o que o adulto tem para lhes oferecer. Os adultos que são responsáveis por eles devem financiar o que eles recebem de outros, pois a criança recém está chegando na Terra; precisa primeiro desenvolver as suas habilidades para que possa oferecer para a sociedade o que tem de mais precioso. E o idoso já fez a sua parte. Se ele aproveitou bem a sua vida, tornou-se um ser sábio cuja mera presença em uma comunidade humana já representa uma benção para todos os presentes.

Bolsa de estudos na prática:
— você mesmo estipula a quantia em dinheiro de sua mensalidade (veja cálculo acima),
— o valor restante você contribui em forma de trabalho voluntário. Existem várias possibilidades:

• Cuidar de crianças carentes - através de um projeto criado pelo bolsista;
• Cuidar de de idosos carentes – através de um projeto criado pelo bolsista;
• Trabalho na construção de um espaço comunitário / preparação de um local para escola agrícola, entre em contato com Margrethe: (51) 3222.3792
• Projeto com hortas em escolas públicas ou na penitenciaria – entre em contato com Ali Baptista: (51) 9.9796.1005
• outro projeto criado pelo bolsista.

O bolsista entrega, no inicio de cada módulo, o seu relato mensal, descrevendo experiências e aprendizados adquiridos no trabalho em seu projeto e o efeito do curso sobre a sua atuação. Mas também a descrição de questionamentos e dúvidas que podem ter surgidos na prática são bem vindos. Conforme o relato a bolsa será renovada para o próximo módulo. Ficamos felizes quando a energia positiva de cada um é colocada em prática na cura da nossa sociedade!
Quem tem boa vontade abre novos caminhos e com isto todos nós somos beneficiados.

Inscrição para cursos 2017:

 


CONTATO:

com Margrethe: (51) 3222.3792
Todos os dias das 14h às 14h30min (exceto às terças-feiras).
Em outros horários, deixe nome e telefone, eu retorno a ligação.

 

 


Um mundo humano existe, se nós (tu e eu) o criamos!

Endereço: Rua Castro Alves, 167 - sala 101
(Quase esquina com Ramiro Barcelos)
Independência - Porto Alegre
CONTATO:
Durante a semana:
(51) 3222.3792, das 14h às 14h30min

espaco.vivo@euritmiaviva.com